15 de ago de 2018

#Microcontoescambau


Durante o mês de junho estive participando dos desafios diários para escrever um microconto no ESCAMBANAUTAS.
Cada dia um texto, uma  imagem ou uma música para "transformar' em um microconto. Ainda não havia tentado essa forma de literatura. Foi realmente um grande desafio e muito legal participar.
Primeiro segue a ideia do dia, depois abaixo meu microconto.


“Deste tempo múltiplo o que nascerá?
Da onda
rítmica
amplitude
da intensidade
amorfa
ritmicamente esfacelada
do múltiplo que um
mais que tempo virá
e que luz haverá além
do tempo?”

Arte do dia: “Advento”, poema presente no livro “Transposição”, de Orides Fontela

Olho através da janela ainda marcada pelas gotas da última chuva. Hoje um dia de plena melancolia, depois de ontem, um dia de tanta alegria. O tempo é cruel, castiga nossos sentimentos nessa vida..., um teste de múltiplas escolhas. Amanhã..., espero acertar!

13 de ago de 2018

#Microcontoescambau

Durante o mês de junho estive participando dos desafios diários para escrever um microconto no ESCAMBANAUTAS.
Cada dia um texto, uma  imagem ou uma música para "transformar' em um microconto. Ainda não havia tentado essa forma de literatura. Foi realmente um grande desafio e muito legal participar.

Primeiro segue a ideia do dia, depois abaixo meu microconto.



"Os pais voltam dos trabalhos
cansados mas destemidos
e encontram os seus pirralhos
no barraco recolhidos,
o pai dizendo gracejo
dá em cada qual um beijo
com amorosos acenos;
cedo do barraco sai
não sabe como é que vai
a vida dos pequenos
No dia seguinte os filhos
fazem a mesma viagem
nos seus costumeiros trilhos
na mesma camaradagem
com os mesmos companheiros
aqueles aventureiros
que na maior anarquia
sem terem o que comer
vão rapinagem fazer
para o pão de cada dia”
Trecho do poema “Emigração”, presente no livro “Cordéis e Outros Poemas”, de Patativa do Assaré


O que esperar da vida! Com toda a certeza a mesma sina dos meus pais! E tem gente que acredita em meritocracia! Os velhos saem de casa para servir os aristocratas atuais que vivem num mundo de fantasia e nos pelas ruas em busca de aventuras nem que seja com más companhias!

10 de ago de 2018

#Microcontosescambau

Arte do dia: Fauno e Ninfa, Peter Paul Rubens, c. 1619






Durante o mês de junho estive participando dos desafios diários para escrever um microconto no ESCAMBANAUTAS.
Cada dia um texto, uma  imagem ou uma música para "transformar' em um microconto. Ainda não havia tentado essa forma de literatura. Foi realmente um grande desafio e muito legal participar.

Primeiro segue a ideia do dia, depois abaixo meu microconto.




Uso minhas armas de sedução como Fauno ao tocar sua flauta, quem sabe você em transe, olhe para mim!
Mas sou eu que sofra na beleza de sua natureza, leve e delicada!
Nesse instante sou eu que me sinto como uma ninfa de inseto: imaturo e incompleto! Preso ao desejo da sua vontade!